Compatibilidade entre Signos


O leonino se desarma completamente quando dá de cara com a muralha segura do virginiano. Não conseguindo abalar passionalmente o parceiro, o leonino provocará brigas e tentará tirar o outro da razão a todo custo, que continuará não se abalando. Como o virginiano percebe que, no final das contas, tem o controle da situação, deixa que o leonino controle alguns aspectos do relacionamento. Se os dois chegarem nesse acordo silencioso sobre como será o posicionamento de cada um dentro do relacionamento, esse atingirá a harmonia.

Mas nem sempre o virginiano terá toda a paciência do mundo para suportar o ?estrelismo? do leonino. Se o virginiano der um basta na situação e decidir que realmente aquele não era um parceiro à sua altura, nada poderá fazê-lo mudar de idéia. O relacionamento terá um certo vácuo, até que um dos dois finalmente resolva colocar um ponto final em tudo e tentar ir por outro caminho ou partir para o afastamento definitivo.

Um virginiano não dá para Rasputin, mas serve maravilhosamente para o papel de assessor, braço direito ou grão-vizir. Virgem prefere seguir a corrente a liderar. O Leão não lidera sem ajudantes entusiastas. Se as funções de cada um estiverem bem delimitadas, o virginiano não se meter nas pândegas leoninas, e o Leão não der palpite sobre a arrumação da casa, serão unha e carne. Por trás de todo grande Leão, há sempre uma Virgem solícita.

Desde o começo, as relações amorosas entre leoninos e virginianos precisam superar obstáculos importantes. Para os leoninos o namoro é uma brincadeira divertida, uma espécie de jogo que pode ser jogado até por vários parceiros ao mesmo tempo. Já os virginianos levam esse assunto muito a sério, não suportam a infidelidade e, desde o início já estão pensando em um futuro compromisso. Se o namoro vira casamento, as coisas continuam complicadas. Para os leoninos, que têm Urano regendo a casa das parcerias, a questão da liberdade toma uma importância muito grande. De uma maneira aparentemente paradoxal, eles vêem o casamento como uma porta para a liberdade e ao mesmo tempo o melhor caminho para perdê-la. No caso dos virginianos, por causa da influência de Netuno na casa dos relacionamentos, existe uma forte tendência a idealizar a parceira. Eles perdem completamente o seu famoso senso prático e a sua aguda capacidade de crítica quando se vêem refletidos nos olhos da pessoa amada. A imaginação começa a funcionar a mil por hora e acaba sendo muito difícil distinguir o que é real do que é imaginário. Em resumo, os leoninos precisam de liberdade enquanto os virginianos tendem a criar laços de dependência. Essa relação só pode sobreviver se os dois forem muito maduros e extremamente francos e leais um com o outro.

Cuidado com a personalidade

Opostos se atraem, mas em alguns dos casos o cuidado é necessário. Essa é uma relação um tanto quanto difícil, pois ambos têm interesses diferentes. Tenha paciência e respeite o seu parceiro.

Entre quatro paredes

Os leoninos podem assustar um pouco os virginianos, que são mais calmos e delicados. Neste caso, os dois lados devem entrar em um acordo para a noite sair como o planejado: leoninos devem ter mais cautela, e virginianos devem ser mais ousados.


Virgem & Leão:  nem sempre o entendimento é fácil porque Leão é seu inferno astral e ambos são teimosos. Você tem que segurar as críticas para não ferir o orgulho dele, que vira uma fera quando isso acontece.

Os Beijos

Virgem

O beijo de Virgem é surpreendente! Apesar da timidez, o virginiano investe em beijos ardentes e temperamentais.

Leão

O beijo de Leão é marcante e apaixonado. O leonino se esforça para que tudo seja perfeito, o que torna o beijo inesquecível.